Revelação Divina Sobre Casamento

Compartilhe

 

Recebi uma carta, recentemente, de uma jovem que tinha a seguinte preocupação:

A paz do Senhor Jesus!

Necessito de uma orientação, ha 3 anos congrego em uma igreja profética. Há cerca de um ano e meio um jovem da minha igreja recebeu a promessa,  através de nosso pastor, de se casar com uma determinada moça. Era uma moça que ele nunca tinha visto antes. O pastor foi tão específico que determinou até a data em que o casamento deveria acontecer. Eles acreditaram piamente e estão de casamento marcado. Acredito que Deus pode, sim, fazer o impossível e até usar a boca de alguém em mistério, mas, revelar quando e com quem devemos nos casar e onde morar, é algo muito sério e não consigo engulir esta historia.

Minha pergunta é:

– Este dipo de revelação deve ser aceita? – Tem fundamento biblico?

Estou realmente muito preocupada com esta situação. Obrigada! Aguardo retorno …

Maria Aparecida

Minha resposta:

A paz do Senhor, irmã Aparecida!?
 
Estamos vivendo em uma época onde as pessoas se sentem no direito de contrariar o que a Bíblia orienta para a igreja.
 
“Igreja Profética” – A começar por aí, isso é anti-bíblico. O ministério profético encerrou em João Batista

> Mateus 11:13 – Porque todos os profetas e a lei profetizaram até João.

A palavra profética, hoje, é ministrada mediante a pregação da Palavra.
 
E o dom de profecia? – É diferente de ministério profético. Os dons são manifestações esporádicas

> 1 Coríntios 12:7 – Mas a manifestação do Espírito é dada a cada um, para o que for útil.

Os dons são ferramentas do Espírito Santo destinados para a igreja e não para questões específicas da vida de alguém. Ninguém tem o direito de fazer uso dos dons para fins pessoais, para resolver este ou aquele problema. Não que o Espírito Santo não faça isto, mas, em via de regra, os dons têm propósito específico e o propósito é a salvação de almas e o crescimento do Reino de Deus. É através dps dons que o Senhor promove a exortação, a edificação e a consolação da igreja, e, ninguém pode dizer que possui o dom tal, como nos dias dos profetas.

> 1 Coríntios 14:03 – Mas o que profetiza fala aos homens, para edificação, exortação e consolação. 
 
> 1 Coríntios 14:12 – Assim também vós, como desejais dons espirituais, procurai abundar neles, para edificação da igreja.
 
A partir dessa abordagem, é precso que se saiba que se alguém está contrariando isto que a Bíblia diz, tudo o que decorre daí deve ser questionado, sim.
 
Em igrejas ou locais onde se dá muito ênfase à revelação e à profecia e onde as pessoas procuram ser orientadas por esta forma, é muito comum a manifestação do espírito do engano. 
 
Em meus 39 anos de crente, já vi inúmeros casos onde pessoas se casaram ou tomaram alguma decisão séria baseado em profecias e revelações e quebraram a cara.
 
Deus fala conosco, sim. O Espírito Santo nos guia em toda a verdade e até com detalhes pequenos de nossa vida Deus se preocupa e nos orienta. Cada crente deve procurar ter a sua experiência com Ele e com cada pessoa o Senhor tem uma maneira de se comunicar. 

Estipular a profecia e as revelações de outrem como fonte de consulta é um risco. Não devemos determinar a mudança de destinação de uma ferramenta que não foi colocada à nossa disposição para satisfazer nossos interesses.

Em Cristo, Sandoval Juliano, O Presbítero – 16.05.2012.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *