Verdades Bíblicas e Realidades Espirituais – Parte III

Compartilhe

VERDADE BÍBLICA DE HOJE:

A DESOBEDIÊNCIA PROPOSITAL AOS MANDAMENTOS DE DEUS ACARRETAM APERTO E ANGÚSTIA. UMA VEZ VINDO O APERTO E A ANGÚSTIA EM FUNÇÃO DE UMA DESOBEDIÊNCIA, NEM DEUS REVERTERÁ A SITUAÇÃO.

Sabemos que qualquer pessoa, qualquer filho e servo de Deus, pode falhar em relação aos inúmeros mandamentos da Palavra de Deus, seja por alguma circunstância, alguma pressão, algum descuido, algum momento de bobeira na nossa vida.

Mas, não estou me referindo a um descuido, a um erro. Estou me referindo à desobediência proposital, aquela onde o cristão demonstra não concordar com o que a Bíblia está dizendo e decide não aplicar as recomendações bíblicas naquela área da vida.

Obedecer a Bíblia e aplicar as suas recomendações é uma questão de fé. Quando não temos fé suficiente, em geral, não aplicamos aquele ensinamento específico. Isto não significa que não creiamos na Bíblia ou que não a consideremos como a revelação da vontade de Deus para nós. É que em alguma área da nossa vida, preferíamos que a Bíblia nada tivesse a dizer e agimos como se ela não tivesse o direito de dizer como devemos nos comportar naquele aspecto.

Quando isto acontece uma ou outra vez e a pessoa dá ouvidos à voz de Deus e à Sua repreensão e se arrepende, ótimo. Deus perdoa e nos mostra o caminho por onde devemos seguir.

Mas, quando decidirmos que iremos andar na contra-mão de um ensinamento da Palavra, em qualquer área de nossa vida, e fizermos disto um estilo de vida e assim procedermos durante um longo período, isto nos acarretará complicações.

> Provérbios 1:23-27 – Entretanto, porque eu clamei e recusastes; e estendi a minha mão e não houve quem desse atenção, antes rejeitastes todo o meu conselho, e não quisestes a minha repreensão, (…) sobrevirá a vós aperto e angústia.

> Deuteronômio 28:15 – Será, porém, que, se não deres ouvidos à voz do SENHOR teu Deus, para não cuidares em cumprir todos os seus mandamentos e os seus estatutos, que hoje te ordeno, então virão sobre ti todas estas maldições, e te alcançarão:

Toda quebra proposital de um mandamento implica em desastre. Quando decidimos não obedecer e não aplicar a Palavra de Deus em alguma área de nossa vida, fatalmente colhemos um fruto amargo por essa decisão. O texto bíblico anterior diz que “virão sobre ti todas estas maldições, e te alcançarão”.

> Gálatas 6:8 – Porque o que semeia na sua carne, da carne ceifará a corrupção; mas o que semeia no Espírito, do Espírito ceifará a vida eterna.

A lei da semeadura é infalível. Por mais que sejamos obedientes nas outras áreas de nossa vida, naquela área onde desobedecermos colheremos frutos amargos e que, sem dúvida, afetarão as demais áreas, como um vagão com problemas que pode atrapalhar o andamento de toda a locomotiva.

Porém, sabemos que existem aqueles obreiros que quando recebem em sua igreja ou em seu gabinete uma pessoa que está debaixo de maldição em função de uma desobediência proposital, recomenda a essa pessoa que faça “sete” campanhas de quebra de maldição, ou que participe do jejum dos 21 dias de Daniel, ou que leve para sua casa um óleo ungido e aplique sobre aquela pessoa ou sobre aquele objeto onde está concentrado o problema, como se isso fosse suficiente para impedir as consequências da desobediência.

O que eu trago a vocês, neste texto, é que neste caso, não há remédio, não há conserto, não há remendos. Deus leva a sério a Sua Palavra e Ele não admite a desobediência. Ainda que a pessoa lhe busque intensamente, com rogos, com lágrimas, com jejum, pelas madrugadas, nem Deus reverterá a situação. Deus pode até perdoar a pessoa que lhe peça perdão, mas o perdão não altera a natureza do que foi semeado.

> Provérbios 1:28-31 – Então clamarão a mim, mas eu não responderei; de madrugada me buscarão, porém não me acharão. Porquanto odiaram o conhecimento; e não preferiram o temor do SENHOR: Não aceitaram o meu conselho, e desprezaram toda a minha repreensão. Portanto comerão do fruto do seu caminho, e fartar-se-ão dos seus próprios conselhos.

> 1 Samuel 15:1 – Arrependo-me de haver posto a Saul como rei; porquanto deixou de me seguir, e não cumpriu as minhas palavras. Então Samuel se contristou, e toda a noite clamou ao SENHOR.

> 1 Samuel 16:1 – ENTÃO disse o SENHOR a Samuel: Até quando terás dó de Saul, havendo-o eu rejeitado, para que não reine sobre Israel?

> Jeremias 15:1 – DISSE-ME, porém, o SENHOR: Ainda que Moisés e Samuel se pusessem diante de mim, não estaria a minha alma com este povo; lança-os de diante da minha face, e saiam.

Portanto, meu irmão, ou minha irmã, leve a sério o que a Bíblia diz. Procure aplicar suas recomendações ao seu viver diário. A Bíblia não é um livro para ser apenas lido e discutido, é um livro para ser aplicado, é um “manual do fabricante”. Não ouses escolher que mandamento você vai aplicar e que mandamento você não vai aplicar à sua vida. Se obedeceres “a tudo quanto nele está escrito, farás prosperar o teu caminho e então, prudentemente te conduzirás”.

Em Cristo, Sandoval Juliano – O Presbítero – 19.04.2012.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *