Verdades Bíblicas e Realidades Espirituais – Parte IV

Compartilhe

 VERDADE BÍBLICA DE HOJE:

O INFERNO É REAL E SERÁ ETERNO

Gosta-se hoje em dia em se ouvir falar da realidade do céu, mas, ai de quem ousa falar sobre a realidade do inferno. O máximo que se admite é enfraquecer através de filosofias humanas essa verdade chocante, apelando para a idéia que temos de um Deus cuja essência é o amor e que por isso jamais lançaria um filho seu no inferno ou dando ao inferno um prazo de validade, trocando a expressão “tormento eterno” para “destruição eterna”.

O grande problema na interpretação dada por algumas denominações aos textos que tratam de “castigo eterno” ou “destruição eterna”, é pegar todos os textos que falam de punição dos ímpios e relacioná-los à doutrina que trata do tema inferno.

Por exemplo, em Malaquias 4:1-3 diz que os ímpios serão como palha e serão pisados como cinzas. Não há neste texto correlação com a condenação eterna, mas com o Dia do Senhor que é claramente entendido como o período de Grande Tribulação, durante o qual o Senhor julgará os ímpios na Terra.

Textos como Sl 37:28 ; 2Pe 2:12 ; Sl 1:4 e Sl 37:20 , não podem ser interpretados com relação à condenação final. Só um mal intencionado faria isto.

Um tema tem que ser estudado levando-se em conta, apenas os textos que dizem respeito àquele tema. E as expressões encontradas em um tema não devem ser, forçosamente, substituídas por expressões de menos impacto. A exegese de uma frase não deve ser determinada por aquilo que é mais agradável ao sentimento moderno.

A verdade bíblica sobre este tema, ainda que nos pareça difícil de assimilar, é que:

1. O inferno foi criado por Deus

> Mateus 25:41 – Apartai-vos de mim, malditos, para o fogo eterno, preparado para o diabo e seus anjos;

2. Apesar de ter sido preparado para o diabo e seus anjos, os homens ímpios, os descrentes e aqueles que desobedecem ao Evangelho serão lançados no inferno

> 2 Tessalonicenses 1:8 – Como labareda de fogo, tomando vingança dos que não conhecem a Deus e dos que não obedecem ao evangelho de nosso Senhor Jesus Cristo;

> 2 Tessalonicences 1:9 – Os quais, por castigo, padecerão eterna perdição, ante a face do Senhor e a glória do seu poder,

3. Os ímpios serão lançados no inferno diante da face de Deus.

> 2 Tessalonicences 1:9 – Os quais, por castigo, padecerão eterna perdição, ante a face do Senhor e a glória do seu poder,

OBS: O fato de serem lançados no inferno ante a face de Deus não significa uma sugestão de satisfação maldosa por causa do castigo deles, mas serve para asseverar que o castigo foi aplicado pela justiça divina, uma vez que aos olhos de Deus ninguém se terá por inocente.

4. Deus não extinguirá o inferno sob o argumento que Ele em seu amor não suportaria contemplar o sofrimento das pessoas. Pelo contrário a Bíblia afirma que o inferno está nu e patente diante dos olhos de Deus

> Jó 26:6 – O inferno está nu perante ele, e não há coberta para a perdição.

> Provérbios 15:11 – O inferno e a perdição estão perante o SENHOR; quanto mais os corações dos filhos dos homens?

> Apocalipse 14:10 – Também este beberá do vinho da ira de Deus, que se deitou, não misturado, no cálice da sua ira; e será atormentado com fogo e enxofre diante dos santos anjos e diante do Cordeiro.

5. Não há qualquer referência bíblica que diz claramente que o inferno se extinguirá. As expressões “condenação eterna”, “eterna perdição”, “castigo eterno” e “separação eterna de Deus” podem sugerir que o castigo, na verdade, não é a permanência eterna no fogo, mas a separação eterna/irreversível de Deus, a perda do direito de usufruir da vida eterna.

6. No entanto, a Bíblia é clara quando afirma que o sofrimento no inferno não terá fim

> Apocalipse 14:11 – E a fumaça do seu tormento sobe para todo o sempre; e não têm repouso nem de dia nem de noite os que adoram a besta e a sua imagem, e aquele que receber o sinal do seu nome.

> Mateus 25:46 – E irão estes para o tormento eterno, mas os justos para a vida eterna.

> Apocalipe 20:10 – E o diabo, que os enganava, foi lançado no lago de fogo e enxofre, onde está a besta e o falso profeta; e de dia e de noite serão atormentados para todo o sempre.

7. O inferno já existe e será inaugurado pelo anti-cristo que é chamado de besta e pelo seu falso profeta. Apocalipse 19 diz que antes mesmo do dia do Juízo Final, a besta e o falso profeta foram lançados vivos no lago de fogo, enquanto as demais pessoas foram apenas mortas.

> Apocalipse 19:20 – E a besta foi presa, e com ela o falso profeta, que diante dela fizera os sinais, com que enganou os que receberam o sinal da besta, e adoraram a sua imagem. Estes dois foram lançados vivos no lago de fogo que arde com enxofre.

O lançamento do anticristo e do falso profeta no lago de fogo se dará antes do início do milênio. Quando o diabo for lançado no lago de fogo, depois do milênio, como diz o texto de Apocalipse 20:10, os dois ainda estarão lá, como prova da indestrutibilidade da alma/espírito do homem. 

CONCLUSÃO: Portanto, para nós que tememos o nome do Senhor e cremos na Bíblia como a única regra de fé e prática para a vida cristã, não devemos admitir as sugestões e aos apelos sentimentais de que o inferno não existe e que Deus não seria capaz de jogar alguém lá. A Bíblia diz que existe, que não tem prazo de extinção, que o tormento é real e que irão para lá todos aqueles que não derem crédito à Palavra de Deus ou que procederem impiamente em seus feitos. Todavia, aos que crerem no evangelho e viverem conforme “esta regra”, a eternidade com Cristo é o seu prêmio!

Em Cristo, Sandoval Juliano, O Presbítero – 26.04.2012.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *