Verdades Bíblicas e Realidades Espirituais – Parte X

Compartilhe

    

VERDADE BÍBLICA DE HOJE

A FIDELIDADE DE DEUS ESTÁ RELACIONADA ÀS SUAS PROMESSAS

Temos observado como é frequente dizermos que Deus é fiel em pelo menos duas situações: Primeiro, quando somos socorridos, protegidos, curados etc. Segundo quando queremos afirmar que mesmo que sejamos tão falho, podemos contar com a fidelidade de Deus para conosco.

Esse sentimento está bem expresso em um hino que é muito querido por toda a comunidade evangélica. É o hino que diz: Tu és fiel, Senhor, eu sei que tu és fiel, e ainda que eu não mereça, permaneces assim, fiel, Senhor meu Deus, fiel a mim…

Ao observarmos o que nos diz a Palavra de Deus, percebemos um equívoco tanta na primeira quanto na segunda situação apontadas acima.

Equívoco na primeira situação – Se quando somos socorridos, protegidos e curados afirmamos que o Senhor fez isto porque Ele é fiel, a pergunta inevitável é: Deus continua sendo fiel quando ao invés de ganhar, perdemos? Deus é fiel quando as notícias ruins invadem nosso universo de bênçãos? Deus é fiel quando não sou curado, quando a dor e o sofrimento me despertam toda manhã? Deus permanece fiel quando outros conseguem se livrar das tribulações e elas parecem me perseguir?

Equívoco na segunda situação – Na segunda situação, quando afirmamos que mesmo quando somos falhos podemos contar com a fidelidade de Deus, parece significar que Deus não nos deixará, nem deixará de nos abençoar, mesmo que falharmos. Isto nos leva à conclusão apontada no hino – Deus é fiel a mim.

Porém, a Bíblia nos mostra que a fidelidade de Deus não é a uma pessoa, nem a qualquer pessoa, nem mesmo à mais fiel e mais querida pessoa.

Em 1 Reis 13 fala de um profeta, conhecido pela alcunha de “homem de Deus”. Ele profetizou contra o altar de Jeroboão e este se fendeu de cima a baixo. O Senhor havia dito a ele que fosse lá, profetizasse e voltasse para sua casa sem comer nem beber naquele lugar. Um profeta mais antigo que morava naquelas proximidades foi ao encontro dele e o fez comer e beber, dizendo que Deus havia revogado sua palavra. Ele acreditou no profeta velho, comeu e bebeu. Ao retornar para sua casa, por ter desobedecido à palavra do Senhor…

Ø 1 Reis 13:24 – Este, pois, se foi, e um leão o encontrou no caminho, e o matou; e o seu cadáver ficou estendido no caminho, e o jumento estava parado junto a ele, e também o leão estava junto ao cadáver.

Se fosse verdadeira a expressão: “E ainda que eu não mereça, permaneces assim, fiel, Senhor meu Deus, fiel a mim“, aquele homem de Deus não teria sido devorado por aquele leão naquele dia.

A expressão Deus é fiel, na Bíblia, tem o sentido de imutabilidade, de uniformidade de caráter(perpetuum tenorem), de que tudo que Deus começa Ele sempre leva à consumação, de que Deus é inabalável em seu propósito.

Ø Jó 42:2 – Bem sei eu que tudo podes, e que nenhum dos teus propósitos pode ser impedido.

Ø Isaías 46:10 – Que anuncio o fim desde o princípio, e desde a antiguidade as coisas que ainda não sucederam; que digo: O meu conselho será firme, e farei toda a minha vontade.

Deus não é fiel ao homem, ainda que este homem seja “homem de Deus”. O compromisso de Deus não é com o homem é com a Sua Palavra. Está escrito na Palavra que se o negarmos Ele também nos negará.

Ø Mateus 10:33 – Mas qualquer que me negar diante dos homens, eu o negarei também diante de meu Pai, que está nos céus.

Ø 2 Timóteo 2:12b – … Se o negarmos, também ele nos negará;

Ø 2 Crônicas 15:2 –  O SENHOR está convosco, enquanto vós estais com ele, e, se o buscardes, o achareis; porém, se o deixardes, vos deixará.

O objetivo de trazermos esta verdade bíblica é para que não sejamos indolentes. Indolência é negligência, apatia, preguiça. O indolente deixa de fazer o que deve ser feito acreditando que a providência divina não o deixará na mão.

Portanto, a fidelidade é um dos atributos do caráter de Deus e está relacionado ao cumprimento de Suas promessas. Todas as promessas de Deus têm nEle o sim e o amém.

Ø 2 Coríntios 1:20 – Porque todas quantas promessas há de Deus, são nele sim, e por ele o Amém, para glória de Deus por nós.

Quando em 1 Coríntios 1:9 diz que “Fiel é Deus”, esta afirmação está concluindo uma garantida feita no versículo 8 de que Deus os conduzirá salvos até o dia em que Cristo voltar.

Quando em 1 Coríntios 10:13 diz que “Não veio sobre vós tentação, senão humana; mas fiel é Deus, que não vos deixará tentar acima do que podeis…” A fidelidade aqui está relacionada a uma promessa feita ao seu povo, a promessa de proteção.

Estejamos, pois, atentos a certas afirmações e frases de efeitos que temos ouvido e pronunciado, sem qualquer fundamento bíblico e atentemos para a necessidade de sermos obedientes, leais e sinceros diante de Deus a fim de que desfrutemos sempre da proteção, da graça e da Sua fidelidade.

Em Cristo, Sandoval Juliano – O Presbítero – 27.06.2012.

    

Fontes de consulta:

Livro: Comentário Bíblico de 1 Coríntios – João Calvino – Edições Paracletos

Livro: Comentário Bíblico – Pastorais – João Calvino – Editora Fiel

http://www.reieterno.com.br/7aflito/fidelidade.html

http://www.celipoesias.net/trabalho_enobrece/a_indolencia.htm

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *