Gênesis 28: 6 a 8

Compartilhe

Comentário Bíblico – Antigo Testamento – Gênesis 28: 6 e 8

  Gn 28:6 Vendo, pois, Esaú que Isaque abençoara a Jacó, e o enviara a Padã-Arã, para tomar mulher dali para si, e que, abençoando-o, lhe ordenara, dizendo: Não tomes mulher das filhas de Canaã;
  Gn 28:7 E que Jacó obedecera a seu pai e a sua mãe, e se fora a Padã-Arã;
  Gn 28:8 Vendo também Esaú que as filhas de Canaã eram más aos olhos de Isaque seu pai,
  Gn 28:9 Foi Esaú a Ismael, e tomou para si por mulher, além das suas mulheres, a Maalate filha de Ismael, filho de Abraão, irmã de Nebaiote.

           Veja, por favor, o comentário Bíblico de Gênesis 26: 34 e 35. O assunto é o mesmo e eu aplico tudo o que disse lá a estes versículos. Quero apenas acrescentar que Esaú, além das mulheres hetéias com quem havia se casado, acrescentou mais uma e agora uma ismaelita. 

          Este texto prova o que eu disse naquele comentário que o problema não estava no fato de ela ser de uma outra família, simplesmente, como se Deus os houvesse incentivado a praticar o preconceito. Aqui Esaú está se casando com uma prima. Ismael foi aquele filho de Abraão com Agar e foi criado por Sara e pelo próprio Abraão. Portanto, do ponto de vista do parentesco, Esaú não estava fazendo nada de errado. O problema é que sabemos que os descendentes de Ismael se misturaram com os povos da terra e absorveram seus costumes. Além do que, desenvolveram uma inimizade histórica contra os descendentes de Isaque. Até hoje se observa esta realidade, uma vez que os ismaelitas são os atualmente conhecidos povos árabes.

          Esaú estava mostrando, portanto, que estava disposto a fazer exatamente o contrário de tudo o que ele sabia que o Deus de seus pais gostava.

          E quanto a isto, Rebeca tem uma enorme parcela de culpa, pela maneira como criou seus filhos, dando preferência a um e desprezando o outro. A mulher sábia edifica sua casa, mas a tola cria problemas entre seus filhos.

Em Cristo, Ev. Sandoval Juliano – 22.02.2010

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *