Lendo Sofonias Com as Lentes da Graça

Compartilhe

 

A SINFONIA DA GRAÇA NO LIVRO DE SOFONIAS

          Se você pretende ler e estudar o livro de Sofonias e especialmente extrair dele a mensagem, experimente pegar os óculos da Graça. Sem estes você encontrará um Deus irado, pronto para exterminar seu povo e que lhes lança  em rosto suas  culpas e pecados.

          Alguém poderia me perguntar, depois de ter lido esse livro, se é possível enxergar a Graça num livro cuja mensagem é, em sua essência, exortativa.

          Numa leitura simples do livro de Sofonias só se vê ameaça, bronca, repreensão. Em vários Comentários Bíblicos sobre esse livro eu encontrei mais ou menos o seguinte: “De modo geral, Sofonias é um livro severo e violento que trata da chegada do Grande Dia do Senhor“. Todavia, se os nossos olhos estiverem curados pela Graça, veremos, não um Deus irado contra o seu povo, mas um Deus bravo de amor para com o seu povo.

          A Graça é o fluído que tornam lubrificadas todas as peças desta grande engrenagem que é a Bíblia. Se lermos a Bíblia, sem essa perspectiva, encontraremos algumas dificuldades, não apenas na interpretação, mas até mesmo na aceitação de alguns fatos e verdades nela expostas. Até a simples leitura de determinados livros da Bíblia parece chata em si mesma. É possível, vez por outra, nos pegarmos questionando sobre a necessidade de aquela história, ou aquele capítulo ou até mesmo aquele livro realmente estar contido no cânon sagrado, especialmente quando encontramos textos que falam de um Deus que diz que vai matar, que vai exterminar, entre outras coisas.

          A leitura de Sofonias não me era agradável. Um dia, porém, eu estava meditando na Graça de Deus e conversando com Ele sobre esse tema. Pedi-lhe, então, que me revelasse mais alguns aspectos da Graça nas Escrituras Sagradas. Abri a Bíblia e caiu no livro de Sofonias. Comecei a ler e não achei graça. Fechei a Bíblia, orei novamente e a abri  de cabeça para baixo, caiu em Sofonias.. Achei que o problema estava naquela Bíblia, peguei outra Bíblia e abri de olhos fechados… caiu em Sofonias. Depois da quarta tentativa de fugir do livro de Sofonias resolvi pegar os óculos da Graça e lê-lo novamente. Não demorou muito e a encontrei nas palavras deste profeta. Fiquei estarrecido com a maneira como Deus falou com Israel. Li outra vez,  agora em voz alta e de uma vez só. Fui transportado para a mente de Deus quando deu a Sofonias esta profecia.  Terminei me apaixonando por esse livro tão singular… Percebi ternura e delicadeza da parte de Deus, diante de um povo que estava a ponto de ser exterminado; de um povo que merecia castigo severo e de um Deus que tinha motivos suficientes para castigá-los, mas que os amava.

          O melhor de tudo: Descobri que a mensagem de Sofonias é tão atual que parece que ela foi escrita por quem vive em nossas cidades, por quem conhece nossa realidade. Nossos pecados são os mesmos e talvez até tenhamos avançado na pecaminosidade; a Graça continua atuando e sendo rejeitada como naquela época; a justiça de Deus continua punindo a maldade do homem e Deus continua o mesmo, pronto para perdoar, para renovar e para dar nova oportunidade àqueles que dEle se afastou.

          Leia Sofonias sob essa perspectiva que você enxergará o que eu enxerguei e verá a sinfonia da Graça do primeiro ao último versículo.

Em Cristo, Sandoval Juliano – O Presbítero – 11.10.2011.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *