A Bênção Veio, Você é Que Não a Reconheceu!

Compartilhe

 

“Ao homem pertencem os planos do coração; mas a resposta da língua é do Senhor” (Provérbios 16:1).

* Conta-se que uma senhora idosa, vivendo em grande pobreza, reclamava de seu filho que morava nos Estados Unidos e que era rico. Dizia que ele era cruel e ingrato.

– Ele nunca lhe manda dinheiro? – Perguntaram a ela.

– Nem um centavo, ela respondeu.

– Ele manda frequentemente alguns retratos, mas eu não preciso de retratos e sim de dinheiro.

O amigo lhe perguntou:

– Você tem algum desses retratos para me mostrar?

– Oh, sim, eu tenho eles todos. Eles estão na Bíblia velha.

* Quando examinados, os “retratos” eram notas de cinquenta e cem dólares, todas novas e frescas!

* Patético! Faminta e com abundância. Assim acontece com muitas pessoas. Deus tem derramado graça abundante para todos, mas estes não a têm reconhecido.

* Assim como a senhora de nossa ilustração, muitos de nós costumamos reclamar das situações adversas, da indiferença e falta de ajuda das pessoas que nos cercam, sendo este o principal motivo de fracassarmos na tentativa de atingir nossos objetivos de vida.

* Em nosso relacionamento com Deus tem acontecido a mesma coisa. Colocamos nossos anseios, em oração, diante do altar do Senhor e não sabemos reconhecer as Suas respostas. Ele nos abençoa, nos protege, nos orienta, supre nossas necessidades, mas murmuramos porque o que achávamos que era o melhor não aconteceu. Não percebemos que a resposta correta é a que Ele nos oferece. Ninguém melhor do que o Rei dos reis para conhecer o verdadeiro caminho da felicidade.

* Ele derrama incontáveis e abundantes bênçãos sobre nossas vidas e continuamos à espera das migalhas solicitadas.

* Você continua se queixando de tudo ou sabe reconhecer as bênçãos de Deus?

Texto enviado por e-mail pela irmã Fátima Montanari, colaboradora do site.

Seja um colaborador. Envie algum texto ou “história de pregador” que você conheça para que compartilhemos.

Em Cristo, Pb. Sandoval Juliano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *