É Preciso Tocar as Pessoas

Compartilhe

 

 

Havia um cego sentado em uma calçada em Paris, com um boné a seus pés e um pedaço de madeira que, escrito com giz branco, dizia:

 

– “Por favor, ajude-me, sou cego”

 

Um publicitário, parou e viu umas poucas moedas no boné. Sem pedir licença, pegou o cartaz e o giz, e escreveu outro anúncio e foi embora.

 

Mais tarde o publicitário voltou a passar em frente ao cego. Agora, o seu boné estava cheio de moedas. O cego reconheceu as pisadas e lhe perguntou se havia sido ele quem reescreveu seu cartaz, querendo saber o que havia escrito ali.

 

O publicitário disse:

 

– Nada que não esteja de acordo com o seu anúncio, mas com outras palavras”

 

Sorriu e continuou seu caminho. O cego nunca soube, mas seu novo cartaz dizia:

 

“Hoje é Primavera em Paris e eu não posso vê-la”

 

Experimente apresentar-se de forma a tocar as pessoas. Seja convicente… Seja original, mas seja profundo. Demonstre o que realmente você é e quer, os resultados virão imediatamente.

 

Em Cristo, Ev. Sandoval Juliano – 04.12.2009.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *