Um Estudo sobre o Batismo Com o Espírito Santo

Compartilhe

E eu, em verdade, vos batizo com água, para o arrependimento; mas aquele que vem após mim é mais poderoso do que eu; cujas alparcas não sou digno de levar; ele vos batizará com o Espírito Santo, e com fogo. – Mateus 3.11 

          Pretendo, neste estudo, fazer um apanhado geral sobre o que a Bíblia diz sobre o bastismo com o Espírito.
          Pretendo expor o conhecimento que tenho sobre o batismo de forma gradativa, passo a passo, para que possamos, como num quebra-cabeça, ir tecendo e montando o entendimento até podermos ter uma visão global sobre o assunto.

          Há algumas coisas que precisamos saber sobre o batismo com o Espírito Santo antes de dizermos o que é o batismo, as quais são:

I. HÁ UMA LIGAÇÃO ENTRE CONVERSÃO E BATISMO

       1. Não se esqueça que análise que pretendo fazer é primeiramente bíblica, depois faleremos de nossas experiências;
       2. A experiência de salvação, nos moldes do Evangelho, ou seja, as experiências que aconteceram como consequência da pregação do Evangelho, foram acompanhadas com a experiência do batismo com o Espírito Santo.
               a. Em Atos 11:17, quando Pedro justificava aos demais apóstolos o fato de ter batizado nas águas a família de Cornélio, ele justifica com o argumento de que viu e ouviu que eles falavam em línguas estranhas, como no dia de Pentecostes e que isto aconteceu tão logo deram crédito à pregação que ouviram de Pedro;

               b. Pedro concluiu dizendo: At 11:17 ;

               c. E em seguida veja o que os apóstolos disseram: At 11:18 ;

               d. Em Éfeso, quando Paulo esclareceu aos novos convertidos o Plano de Salvaçãoe lhes impôs as mãos, eles foram batizados com o Espírito Santo;

       3. Portanto, percebemos que o batismo com o Espírito é concedido aos que creem como uma espécie de confirmação. É comum ouvirmos de algum crente que há muito tempo se converte e ainda nao foi batizado que ele tem dúvidas se realmente foi salvo, uma vez que o Senhor não lhe batiza. Ou seja, é como se intuitivamente quiséssemos uma prova divina que fomos aceitos e perdoados por Ele.

       4. Não quero afirmar com isso que o crente que não é batizado com o Espírito Santo não está salvo. Estamos apenas mostrando que o batismo é uma bênção que vem junto com o “pacote” no Plano de Salvação.

II. O BATISMO FOI PLANEJADO PARA QUE ACONTECESSE SEMPRE

       1. Se há uma ligação entre a salvação e o batismo e a salvação vai acontecer sempre, o batismo será uma bênção que sempre será concedida aos que abraçarem a salvação em Cristo Jesus;
       2. Se o Espírito Santo foi concedido para que atuasse entre os homens, convencendo-os do pecado e os conduzindo à salvação até à consumação dos séculos, por que Ele restringiria esta bênção apenas aos dias da Igreja Primitiva?
       3. Enquanto houver aceitação ao Evangelho haverá batismo com o Espírito Santo, assim como todas as bênçãos que acompanham a salvação – At 2:38 .

III. A PROMESSA NOS DIZ RESPEITO A NÓS…

       1. At 2:39 ;

       2. Por que o Senhor trataria os salvos dos dias de hoje com diferença em relação aos salvos do alvorecer do Evangelho?

IV. O BATISMO NÃO INDICA O MOMENTO EM QUE A PESSOA RECEBEU O ESPÍRITO SANTO

       1. O Espírito Santo é concedido ao homem no momento em que este dá crédito à mensagem salvífica, no momento em que recebe ao Senhor Jesus como seu salvador único e pessoal – Rm 8:14 .

V. O BATISMO NÃO É O “SELO DA PROMESSA”

       1. Em aos Efésios 1, versículos 13 e 14 e no capítulo 4, versículo 30, a Bíblia faz referência ao selo da promessa que nos é concedido como um penhor, como uma garantia de que seremos salvos no que que partirmos para a eternidade;
               a. Ef 1:13 ;

               b. Ef 1:14 ;

               c. Ef 4:30 .

       2. Acontece que esse selo já foi interpretado como sendo o batismo com o Espírito. Isso levou crentes de uma determinada época a acreditarem que aquele que não recebesse o batismo não podia ter certeza de salvação. Quando eu era criança eu ouvi pregadores falarem sobre esse selo como sendo o batismo;

       3. Felizmente esse equívoco foi esclarecido quando se observou que os textos que citamos não fazem qualquer referência ao batismo. O apóstolo Paulo diz que a pessoa do Espírito Santo em nossa vida é que é o selo. Ou seja, o Espírito é que é o selo e não o batismo.

VI. NÃO EXISTE O BATISMO “NO” ESPÍRITO SANTO

       1. Frequentemente tenho ouvido esta expressão e acredito que ela não é correta porque batizar alguém NO tem o sentido de introduzir “em”. Não se trata de o crente ser introduzido NO Espírito Santo. Não existe esta expressão na Bíblia e a Bíblia não diz que quando acontece a salvação o crente é introduzido no Espírito Santo;

       2. Vamos analisar os dois textos bíblicos seguintes: Gl 3:26 ; e Gl 3:27 . Este texto indica que no momento que cremos fomos batizados em Cristo, ou seja, o Espírito Santo nos batizou em Cristo, ou, nos introduziu em Cristo, o que implica em dizer que passamos a viver a vida de Cristo, ou, conforme Cristo;

       3. Acontece que o batismo que estamos estudando não é este. Este, de Gálatas 3.27 que ministra é o Espírito. O batismo que estamos falando é aquele do qual João Batista disse que Cristo ministrará – “Ele vos batizará com o Espírito Santo…”;

       4. Portanto,  não é correto dizer que fomos batizados no Espírito Santo. Assim como também não é correto o argumento utilizado pelos crentes “tradicionais”, aqueles que não são “pentecostais” quando dizem que o batismo no Espírito Santo ocorre no momento da conversão. No momento da conversão somos batizados em Cristo e não no Espírito;

      5. Há um texto que parece sugerir que fomos batizados no Espírito. Trata-se de 1Co 12:13 . Acontece que este texto não está dizendo que fomos introduzidos em, ou, no Espírito, mas que em um só Espírito todos nós fomos batizados em um corpo. Paulo está dizendo que pelo batismo(nas águas) passamos a fazer parte do corpo de Cristo mediante a operação do Espírito Santo.

               a. É por isso que o batismo não é com água e sim nas águas, porque trata-se de introduzir em Cristo mediante a morte para o mundo e a ressurreição para Deus, o que é representado pelo ato do batismo.

VII. JESUS NOS BATIZA COM O ESPÍRITO SANTO

       1. Como já dissemos não é NO, o correto é COM. Jesus derrama sobre nós o Espírito Santo. Jesus não nos mergulha no Espírito, Ele derrama o seu Espírito Santo sobre nós;

       2. Ser batizado COM o Espírito Santo é ser ungido para; é ser autorizado mediante…

       3. Mas, se já temos o Espírito Santo, então, para quê o derramamento dEle sobre nós?

               a. O batismo com o Espírito Santo nos servirá de revestimento de autoridade, como o uniforme é para o policial. Sem o uniforme ou sem o crachá de identificação o policial não tem autoridade para atuar, ninguém será obrigado a render-se a ele;

               b. O batismo é a unção do Espírito que nos é concedida para tornar o nosso testemunho mais eficaz. O crente que não é batizado com o Espírito Santo não evangeliza com o mesmo entusiasmo que o crente que é batizado;

               c. At 10:38 . Ou seja, Jesus foi batizado com o Espírito Santo e com fogo. Azeite e fogo!

               d. O batismo com o Espírito Santo é a providência divina para impulsionar o crente a fazer a sua obra com fervor – Leia por favor At 1:8 .

Se você, meu irmão, ainda não é batizado com o Espírito Santo, deseje esta bênção. Busque-a com toda intensidade, porque sem o batismo com o Espírito Santo a vida cristã é incompleta!

Em Cristo, Pb. Sandoval Juliano – 12.09.2009.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *