O Deus Que Muda os Nomes das Pessoas

Compartilhe

 

  Mc 3:14 E nomeou doze para que estivessem com ele e os mandasse a pregar,
  Mc 3:15 E para que tivessem o poder de curar as enfermidades e expulsar os demônios:
  Mc 3:16 A Simão, a quem pôs o nome de Pedro,
  Mc 3:17 E a Tiago, filho de Zebedeu, e a João, irmão de Tiago, aos quais pôs o nome de Boanerges, que significa: Filhos do trovão;
  Mc 3:18 E a André, e a Filipe, e a Bartolomeu, e a Mateus, e a Tomé, e a Tiago, filho de Alfeu, e a Tadeu, e a Simão o Zelote,
  Mc 3:19 E a Judas Iscariotes, o que o entregou.

 

O nome é uma das principais formas de se identificar um indivíduo. À medida que a pessoa vive vai criando uma relação tão estreita com o seu nome que este se torna parte de sua personalidade, de seu caráter e de sua própria identidade.

Deus colocou no homem a propriedade de dar nomes às pessoas, aos animais e às coisas. Aliás, isso faz parte da própria essência divina. Ele pôs nome nos seres angelicais e em toda a obra de Sua criação.

Ø Gênesis 1:5 – E Deus chamou à luz Dia; e às trevas chamou Noite…

A Bíblia diz que Deus gosta tanto disso que a todas as estrelas Ele chama por nome

Ø Salmos 147:4 – Conta o número das estrelas, chama-as a todas pelos seus nomes.

Encontramos registros bíblicos de pessoas cujos nomes foram escolhidos pelo próprio Deus, como no caso de Isaque, de João Bastista e do próprio Jesus.

Ø Lucas 1:31 – E eis que em teu ventre conceberás e darás à luz um filho, e pôr-lhe-ás o nome de Jesus.

E não somente isso, mas Ele mesmo, o soberano Criador dos céus e da terra, tem nome. Deus tem um nome pessoal, por meio do qual Ele pode ser invocado. Quando Jesus ensinou os discípulos a orar, lembrou de dizer a eles que fizessem menção do Seu maravilhoso nome quando disse: Santificado seja o Teu Nome! – Mateus 6:9. 

Mas o que chama a minha atenção é que Deus, de vez em quando, mudava o nome de alguém. No texto bíblico acima vimos Jesus mudando o nome de alguns dos seus discípulos. “A Simão, a quem pôs o nome de Pedro” e a “Tiago e João, filhos de Zebedeu, a quem pôs o nome de Boanerges”.

Já no Antigo Testamento encontramos Deus mudando o nome de Abrão para Abraão, de Sarai para Sara, de Jacó para Israel.

Moisés mudou o nome de Oséias, filho de Num, para Josué. 

No Novo Testamento, além dos discípulos aqui citados, sabemos que Saulo passou a ser chamado de Paulo, Natanael tornou-se conhecido como Bartolomeu(*), Mateus, antes de ser discípulo tinha o nome de Levi(**).

Por que Deus mudou os nomes de algumas pessoas? Por que Jesus não quis chamar Simão de Simão, mas de Pedro? Por que arrancar das pessoas aquilo que fazia parte de suas personalidades?

Isto nos revela que Deus é o Deus que muda as pessoas, que transforma personalidades e reconstrói caráter. Deus transforma um homem de temperamento colérico como Pedro, que não podia se sentir ameaçado que sacava de sua espada, em um apóstolo manso, tolerante e pacificador.

Deus transforma Saulo, um homem capaz de matar e perseguir pessoas por causa de suas ideologias, em um fervoroso cristão, capaz de sofrer apredrejamentos, prisões, calúnias e injúrias, por amor a Cristo.

Deus transforma o estéril Abrão em pai de multidões, o trapaceiro Jacó em um patriarca temente, o filho de Num em um homem com uma história propria, não mais alguém cujo nome estava ligado apenas ao nome e à memória de seu pai.

Se para transformar alguém preciso for mudar até seu nome, assim Deus o faz, apagando com isso a memória dos erros cometidos até o momento do encontro dessa pessoa com Ele.

Ø 2 Coríntios 5:17 – Assim que se alguém está em Cristo, nova criatura é, as coisas velhas se passaram e eis que tudo se fez novo. 

Essa maneira de Deus agir é levada tão a sério por Ele ao ponto de a Bíblia nos dizer que quando chegarmos nos céus receberemos uma pedrinha branca com um novo nome escrito nela. 

Ø Apocalipse 2:17 – Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas: Ao que vencer darei a comer do maná escondido, e dar-lhe-ei uma pedra branca, e na pedra um novo nome escrito, o qual ninguém conhece senão aquele que o recebe.

– Por que receberemos um novo nome no céu? Por que não serei mais chamado de Sandoval Juliano?

– Porque Deus quer anular toda e qualquer acusação e lembrança negativa que está relacionada ao nosso nome e à nossa história.

Ø Hebreus 8:12 – Porque serei misericordioso para com suas iniqüidades, E de seus pecados e de suas prevaricações não me lembrarei mais.

Deus tem tanto prazer em promover mudanças, transformações, que em um caso específico a mudança que Ele promoveu na vida de um homem foi tão gloriosa que Ele mesclou o Seu nome ao nome desse homem. Trata-se de Abraão. 

Ao nome Abrão Deus acrescentou as letras H e mais um A. Assim o nome dele passou a ser chamado de AbraHão. O H é uma das letras presentes no tetragrama YHWH que traduzido é Yavé, ou Jeová. Ou seja o nome de Deus foi introduzido no nome de Abraão.

Mas, não apenas isso, Deus trouxe para o seu nome o nome do seu novo amigo. Dali pra frente Ele sempre se apresentava como “o Deus de Abraão”.

Ø Gênesis 26:24 – E apareceu-lhe o SENHOR naquela mesma noite, e disse: Eu sou o Deus de Abraão teu pai; não temas, porque eu sou contigo…

Ø Gênesis 28:13 – E eis que o SENHOR estava em cima dela, e disse: Eu sou o SENHOR Deus de Abraão teu pai, e o Deus de Isaque… 

Ø Êxodo 3:6 – Disse mais: Eu sou o Deus de teu pai, o Deus de Abraão, o Deus de Isaque, e o Deus de Jacó. E Moisés encobriu o seu rosto, porque temeu olhar para Deus.

Permita que Deus entre na sua vida e promova a transformação que Ele achar necessária. O nosso Deus é um Deus que transforma!

Em Cristo, Sandoval Juliano – 02.06.2016. 

 

Fontes:

(*) http://www.sandovaljuliano.com.br/site/curiosidades/47-biografia-dos-personagens-biblicos/439-bartolomeu 

(**) http://www.sandovaljuliano.com.br/site/curiosidades/47-biografia-dos-personagens-biblicos/368-afinal-quais-eram-os-nomes-dos-12-discipulos 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *