Quando fugia de Absalão, Davi conheceu quem eram os homens que o serviam

Compartilhe
 

2 SAMUEL 15:1-18

A história da fuga de Davi por causa do GOLPE DE  ESTADO de Absalão, está registrada, desde o capítulo 15 até ao capítulo 20

QUANDO FUGIA DE ABSALÃO, DAVI CONHECEU QUEM ERAM OS HOMENS QUE O SERVIAM

Ø Lucas 2:34, 35 –Eis que este é posto para queda e elevação de muitos em Israel, e para sinal que é contraditado (…)para que se manifestem os pensamentos de muitos corações.

QUAIS OS HOMENS QUE TIVERAM OS “PENSAMENTOS DE SEU CORAÇÃO” REVELADOS POR OCASIÃO DA FUGA DE DAVI?

 

I. ITAI, O GETEU

          1. Itai era um guerreiro filisteu que havia pedido asilo político em Israel e, como Davi já havia feito isso antes de se tornar rei, concedeu tal asilo a Itai

          2. Itai era comandante de uma guerrilha que era composta por 600 homens.

Ø 2 Samuel 15:21 – Respondeu, porém, Itai ao rei, e disse: Vive o SENHOR, e vive o rei meu senhor, que no lugar em que estiver o rei meu senhor, seja para morte seja para vida, aí certamente estará também o teu servidor.

          3. A lealdade é uma característica da personalidade de Deus, exaltada nos céus

Ø Apocalipse 15:4 – Quem te não temerá, ó Senhor, e não magnificará o teu nome? Porque só tu és santo

          4. O Senhor deseja que seus adoradores imitem-no em demonstrar essa qualidade desejável

Ø Efésios 4:24 – e vos revesti-vos da nova personalidade, que foi criada, segundo a vontade de Deus, em verdadeira justiça e lealdade.

 

II. AITOFEL, O GILONITA

          1. Aitofel era o conselheiro oficial de Davi

Ø 2 Samuel 16:23 – E era o conselho de Aitofel, que aconselhava naqueles dias, como se a palavra de Deus se consultara; tal era todo o conselho de Aitofel, assim para com Davi como para com Absalão.

          2. Aitofel deu dois conselhos a Absalão. O primeiro conselho foi que ele coabitasse com as 10 concubinas de seu pai em público. O segundo conselho foi que Absalão lhe autorizasse a formar um exército com 12 mil homens para seguir rapidamente a Davi, antes que ele encontrasse um local seguro e se refizesse física e psicologicamente

          3. Quando Davi percebeu a falta de Aitofel entre os que o acompanhavam, fez a seguinte oração:

Ø 2 Samuel 15:31 – Então fizeram saber a Davi, dizendo: Também Aitofel está entre os que se conjuraram com Absalão. Pelo que disse Davi: Ó SENHOR, peço-te que torne em loucura o conselho de Aitofel.

          4. O Senhor transtornou o conselho de Aitofel, levando Absalão a ouvir o conselho de Husai.

Ø 2 Samuel 17:23 –Vendo, pois, Aitofel que se não tinha seguido o seu conselho, albardou o jumento, e levantou-se, e foi para sua casa e para a sua cidade, e deu ordem à sua casa, e se enforcou e morreu, e foi sepultado na sepultura de seu pai.

 

III. HUSAI, O ARQUITA

          1. O segundo conselheiro de Davi

          2. Ele era considerado AMIGO de Davi.

Ø 2 Samuel 15:37 – Husai, pois, amigo de Davi, veio para a cidade; e Absalão entrou em Jerusalém.

          3. Husai atendeu ao pedido de Davi e voltou para Jerusalém, apresentando-se à Absalão, para servi-lo como conselheiro.

          4. Foi Husai quem deu o conselho que foi preferido ao conselho de Aitofel e com isso, Absalão foi derrotado

 

IV. ZIBA, O MORDOMO DE MEFIBOSETE

          1. Ziba havia sido servo do rei Saul e tornou-se um dos oficiais do rei Davi.

          2. Foi ele o responsável por trazer Mefibosete à presença do Rei

          3. Ele tinha 15 filhos e 20 servos, os quais receberam a responsabilidade de cuidar de todos os bens que foram devolvidos a Mefibosete e, Ziba tornou-se o mordomo de Mefibosete

          4. Ziba apresentou-se a Davi com presentes, demonstrando com isso sua lealdade

Ø 2 Samuel 16:1 – E PASSANDO Davi um pouco mais adiante do cume, eis que Ziba, o servo de Mefibosete, veio encontrar-se com ele, com um par de jumentos albardados, e sobre eles duzentos pães, com cem cachos de passas, e cem de frutas de verão e um odre de vinho.

          5. O objetivo de tal presente era para enganar o rei Davi, fazendo-o pensar que Mefibosete não se fizera digno do tratamento que Davi lhe havia dado

          6. Ziba era o tipo de pessoa que quer crescer derrubando o seu próximo

 

V. SIMEI, O BENJAMITA

          1. Simei era parente de Saul e guardava um rancor muito grande por Davi ter assumido o trono que havia sido de sua parentela

          2. Simei atirava pedras e lançava palavras de maldição contra Davi, trazendo à memória todas as suas culpas, lançando-lhe em rosto os seus pecados

          3. Simei era o tipo de gente que não perde uma oportunidade para “ressuscitar um defunto”, para trazer à tona coisas que já deveriam terem sido esquecidas

          4. No retorno de Davi, Simei juntou mil homens e veio até ao rio Jordão, para facilitar a passagem de Davi e toda a sua comitiva e com isso suplicar o perdão

          5. Salomão decretou prisão domiciliar à Simei, e este deixou de cumprir com seu dever, perdendo com isso sua vida – 1 Reis 2.

 

VI. MEFIBOSETE, O COXO QUE FOI AMPARADO PELO REI

          1. Mefibosete havia sido enganado pelo seu mordomo Ziba.

          2. Ele não se lavou, nem se barbeou, nem trocado de roupa desde que Davi havia fugido de Jerusalém

          3. Mefibosete era sincero em sua gratidão a Davi.

          4. A ele não interessava mais, nem mesmo os bens que possuía. A ele só interessava saber que voltaria a estar na casa do rei e a assentar-se à sua mesa novamente.

Em Cristo, Sandoval Juliano – 09.10.2013.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *