O Jovem Cristão no Domínio do Espírito

Compartilhe

                                                                                                                          

Texto: Jz 15:14 .

Introdução: Para discorrermos sobre este tema, faremos algumas considerações sobre o texto que lemos:

1ª consideração: 

Veja como a mesma frase aparece em versões diferentes: 

“… Porém, o Espírito do Senhor Possantemente de apossou dele,…”  Bíblia Corrigida

“… Então o Espírito do Senhor se apossou dele…” – Bíblia Revisada

“… Porém, o Espírito do Senhor de tal maneira se apossou dele…” – Bíblia Revista e Atualizada

“… Mas, o Espírito do Senhor deu poderosa força à Sansão…” – Bíblia Viva

O texto em foco e a história de Sansão, nos levam a entender que Sansão não vivia no Domínio do Espírito. Mas, que, em determinado momento, o Espírito do Senhor manifestava seu poder, levando-o a fazer algum prodígio. 

2ª consideração: 

“Apoderar-se” de Sansão, não significa exatamente uma possessão, como acontece com alguém que fica endemoninhado. Significa um revestimento instantâneo, um acionamento do Espírito. É como alguém que aciona algum aparelho através de um controle remoto.  

3ª consideração: 

Uma coisa é ter o Espírito Santo, outra coisa é ser cheio do Espírito Santo, e, ainda outra coisa é viver cheio do Espírito Santo.

Todos quantos recebem o Evangelho recebem o Espírito Santo e passam a serem filhos de Deus. – Rm 8:16 . 

Em Jz 16:20 – diz que Sansão não sabia que o Espírito do Senhor havia se retirado dele. Isto prova que o Senhor estava com ele, apesar de tudo. 

No Salmo 51 Davi pede a Deus que não retire o seu Espírito. Davi estava em pecado, mas o Espírito Santo ainda não havia se retirado. 

Tudo o que enche se esvazia.

Todo crente tem o Espírito Santo, mas nem todo crente é cheio.
 

Qual é o conceito de ser cheio? – É ser plenamente cheio – Vaso cheio  

Atos 6.5 – Estevão era cheio de fé e do Espírito Santo. Estevão vivia cheio do Espírito Santo. 

                                                                     

4ª consideração: 

                                                                       

O Espírito Santo habita em nosso espírito. E, nessa habitação:

Ele pode ser um visitante que pode ficar “à vontade” – mas não tão à vontade assim…

Ele pode ser um simples membro da família, ou pode ser o chefe da família. 

Muitas vezes Ele é alguém que apenas dá sonhos, dá alguma orientação, promove momentos de alegria e socorre o crente na hora da dificuldade. 

Mais nada… 

                                                                                        

5ª consideração: 

                                                                                      

Muita gente não sabe ou não se lembra que o Espírito Santo não é uma força ou uma energia.

* Ele é uma pessoa.

1. Como pessoa Ele gosta de se relacionar;

2. Como pessoa Ele tem sentimentos;

3. Como pessoa Ele quer ter o seu lugar. 

4. Qual é o lugar que o Espírito Santo ocupa em sua vida? 
 

6ª consideração: 

                                                                                                      

Apesar de a Bíblia falar que – o Espírito se apoderou de Sansão, Ele não tem o hábito de dominar à força. “Eis que estou à porta e bato. Se alguém ouvir…” – Ap 3:20

O DOMÍNIO que o Espírito Santo exerce não deve ser entendido como Tirania, império, arbitrariedade, invasão ou tomada de poder. 

Não se trata de um domínio ilegítimo, ou anárquico. 

                                                                                        

7ª consideração: 

                                                                                                      

O domínio do Espírito é algo que precisa ser concedido a Ele.

Ele quer ser reconhecido como alguém que pode perfeitamente exercer a liderança. 

Quando Salomão assumiu o reinado os reis de outras nações vinham, sem nenhuma pressão, e se rendiam a ele. Apenas como reconhecimento de sua liderança e de sua sabedoria. 

“E dominava sobre todos os reis, desde o rio até à terra dos filisteus e até ao termo do Egito”

– 2Cr 9:26 .

É preciso haver reconhecimento. O servo da orelha furada – Dt 15:17 ; Sl 40:6 .

8ª consideração: 

                                                                                                       

O domínio do Espírito Santo só acontece quando há comunhão. 

E o que é comunhão? – É a harmonia que existe entre diferentes pessoas.É quando duas ou mais pessoas falam uma mesma linguagem. Como alguém viverá no domínio do Espírito se não há sintonia? 

Exemplo: O controle remoto – Para que aconteça o controle é necessário estar programado. Além do programa é necessário estar na sintonia correta. 

Não está havendo sintonia quando:

          1.      Não se consegue ouvir o Espírito;

          2.      Não se entende o que o Espírito está querendo falar;

               a.  No quartel há o toque das cornetas. Se o soldado não conhece os diferentes toques ele não entenderá a mensagem.

                b.  O Espírito mandou ficar em casa

          3.      Não se dá ouvido;

          4.      Não se consulta a vontade do Senhor.   

CONCLUSÃO:

                  O maior desafio para o cristão nos dias atuais não é: 

1. Buscar o derramamento do Espírito Santo;

2. Buscar atuações momentâneas do poder do Espírito Santo;

3. Realizar cultos ou festas pentecostais; 

               O maior desafio para o jovem cristão nos dias atuais é: 

1. Viver no Domínio do Espírito Santo; Viver Cheio do Espírito Santo. 

Para isso é necessário uma vida diária de comunhão com Deus Para se ter uma vida diária de comunhão com Deus é necessário ter um relacionamento agradável com o Espírito Santo. Se assim fizermos seremos 

                        Crentes que vivem no domínio do Espírito Santo 

                                                                                                                    

Em Cristo, Sandoval Juliano – 24 de abril de 2009.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *