Os Desígnios de Deus Para Com a Família

Compartilhe

                                                                                                                                     

Texto: Efésios 5:22 a Efésios 6:5

A FAMÍLIA FOI INSTITUÍDA POR DEUS COM O OBJETIVO DE:

I. SUPRIR A NECESSIDADE DA SOLIDÃO E CARÊNCIA AFETIVA DO SER HUMANO

          1. “Não é bom que o homem esteja só”

          2. O ser humano é um animal sociável, precisa se relacionar com outras pessoas. Mas, o relacionamento das massas não supre essa necessidade; o relacionamento que se desenvolve no âmbito do trabalho, da escola e da igreja, ou seja, o relacionamento de coleguismo não supre essa necessidade.

          3. Somente o relacionamento familiar é suficiente para suprir essa necessidade humana.

QUANTO À CARÊNCIA AFETIVA

          4. Creio que não há alguém que pode dizer que nunca sentiu carência afetiva. Sentir falta de um abraço, uma palavra de carinho, um apoio do chefe, um aplauso diante de uma conquista… Isto faz parte da condição humana.

          5. A sociedade nem sempre é justa neste aspecto. Enquanto a pessoa tem status, dinheiro e fama ela recebe naturalmente, tudo isto. Mas, basta ela perder estas condições que também perde toda essa afetividade;

          6. A família tem esse sagrado objetivo de suprir essa carência, independente do que essa pessoa seja lá fora; independente da aparência física; independente do deslize que tenha cometido;

               * A criança não precisa ter nascido de uma “família real” para se sentir importante, basta que ela seja apreciada por seus pais e irmãos para que ela se sinta um príncipe ou uma princesa;

          7. Quando a família supre essa carência em seus membros, eles não se tornam vulneráveis aos “lobos devoradores” que estão sempre à procura de pessoas carentes e fragilizadas.

II. PARA CRIAR UM AMBIENTE DE PROTEÇÃO E LEALDADE

          1. A família deve ser para seus membros um lugar onde cada um se sinta seguro, tanto no sentido físico, como no sentido psicológio e espiritual, também. Aos pais cabe a responsabilidade de fazEr da casa um ninho e não uma jaula;

          2. Cabe ao pai da família criar um ambiente de proteção, onde a esposa e os filhos possam viver sem stress, sem temor, sem insegurança;

          3. Os filhos não podem ter medo dos seus próprios pais.

          4. O ambiente familiar nunca deve ser de discórdia, de ameaças, de acusações, de furtos, de fofocas, e, principalmente de traição.

               * Que nossos filhos, ao crescerem, por mais que se distanciem de nós, possam levar consigo uma memória de esperança, de amor e de lealdade;

                * A criança não pode viver pensando que a qualquer hora alguém vai traí-la;

          5. O amor dos pais para com os filhos é a melhor cobertura que uma família pode ter. Por isso, ter filhos e criá-los é cada dia gerar e pari-los novamente, sem descanso.

III. PARA CRIAR CIRCUNSTÂNCIAS FAVORÁVEIS AO DESENVOLVIMENTO DA PESSOA

          1. Para uma pessoa adquirir desenvolvimento pleno, no sentido intelectual, profissional, relacionamentos e espiritual, essa pessoa precisa viver em um ambiente que favoreça esse desenvolvimento;

          2. Lá fora a pessoa pode ser apelidada, discriminada, sofrer bulling, ser motivo de chacota, mas, isto nunca deve acontecer no ambiente familiar;

          3. O esposo deve promover o desenvolvimento da esposa e vice-versa; Os pais devem promover o desenvolvimento dos filhos, de todos eles, sem distinção e os irmãos devem se apoiar de tal forma que sejam um por todos e todos por um;

APLICAÇÃO DE TODA ESTA VISÃO DO ASSUNTO:

Por que é importante saber dos desígnios de Deus para com a família e qual é a relação desse assunto com o casamento?

1. Porque primeiramente precisamos entender o propósito do casamento;

2. Porque precisamos entender a importância de um relacionamento conjugal sadio;

3. Porque precisamos entender que o maior interessado em um casamento abençoado, em um relacionamento pleno e em um casal unido e feliz é o próprio Deus;

4. E por fim, porque daí percebemos a razão das investidas do inimigo no sentido de desestruturar os casais. Uma vez afetado o relacionamento entre o casal, nenhum desses DESÍGNIOS DE DEUS para a FAMÍLIA serão alcançados.

Em Cristo, Sandoval Juliano – 14 de junho de 2013.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *