A Planta Que o Pai Não Plantou – Parte I

Compartilhe

                                                                                                                              

> Mateus 15:13 – Ele, porém, respondendo, disse: Toda a planta, que meu Pai celestial não plantou, será arrancada.

Planta é o fruto do trabalho que a natureza exerce sobre as sementes que são semeadas. No Reino de Deus as palavras semente, terra, lavoura, colheita, vinha, plantação, “árvore plantada junto a ribeiros de águas”, são expressões que nos falam da obra de Deus em nossos corações; da qualidade das pessoas que estão inseridas no Reino(como o conhecido exemplo do trigo e do joio), e, da igreja, como um todo.

> Isaías 61:3b – … A fim de que se chamem árvores de justiça, plantações do SENHOR, para que ele seja glorificado.

> Isaías 60:21 – E todos os do teu povo serão justos, para sempre herdarão a terra; serão renovos por mim plantados, obra das minhas mãos, para que eu seja glorificado.

Jesus, em suas parábolas, nos advertiu que, no entanto, o inimigo semeia suas sementes em meio àquelas lançadas pelo Espírito Santo ou pelos seus mensageiros.

As sementes lançadas pelo inimigo, têm, sempre, a característica de serem parecidas com as que são semeadas por Deus.

Isto nos mostra que o inimigo sempre procura se infiltrar no meio da obra de Deus ou de um projeto que alguém esteja elaborando visando o crescimento do Reino.

É muito comum termos um “Judas” no meio de um grupo de doze; termos um “Ló” na companhia de um homem chamado por Deus; termos alguém como o “profeta velho” – 1Rs 13:11 , para lançar tropeços e enganar o “homem de Deus”; termos um filho como “Absalão” que cobiça o nosso trono; termos um “Doegue, o edumeu”, para fazer fuchico ao rei Saul; termos os “falsos irmãos” que “secretamente espiam a nossa liberdade que temos em Cristo“… Gl 2:4 .

Ao mesmo tempo que Deus nos dá companheiros como Josué, filho de Num, “que não se apartava da tenda da congregação” – Ex 33:11 , de igual forma o inimigo coloca no meio do povo de Deus uma “mistura de gente…” – Ex 12:38 , como na saída do povo de Israel das terras do Egito. Essa mistura de gente liderava as queixas, as murmurações e a apostasia entre o povo de Israel.

Jesus disse aos discípulos que existem plantas, no Seu Reino, que não foi o Pai Celestial quem plantou. Davi disse: “Deus está comigo entre aqueles que me ajudam” – Sl 118:7 , Mas, nem todos os que nos ajudam são plantas que o Pai plantou. Tem muito joio no meio do trigo, tem pessoas que vêm até nós vestidos como ovelhas, mas interiormente são lobos devoradores – Mt 7:15 .

Existem aqueles que não podem ver a graça de Deus fluindo na vida de uma pessoa que são tomadas por inveja, por sentimentos gananciosos, e procuram logo tirarem proveito da situação ou impedir o avanço daquela pessoa na obra de Deus. Geralmente estes que assim agem, vêm vestidos com uma sutileza, parecem ser alguém que jamais seriam capazes de nos causar o mal, até nos ajudam por um certo período e ficamos lisonjeados com a cooperação e o apoio…

Mas, o Senhor conhece os desígnios do coração. Logo, logo a ajuda desse enviado pelo inimigo torna-se em embaraço. O fardo que ele impõe ao servo ou serva de Deus começa a tornar-se pesado e chega o momento em que Abraão precisa chamá-lo e lhe dizer, não dá para andarmos juntos, “se para a direita fores, irei para a esquerda…

Deus não permite àquele que usa de engano permanecer enganando por toda a vida. Como disse Abraham Lincoln: “Pode-se enganar uma pessoa por muito tempo; Pode-se enganar alguns por todo o tempo; mas não se pode enganar a todos por todo o tempo.”

Sabemos que uma obra, um obreiro, um projeto ou uma doutrina cuja semente foi plantada por Deus permanece, cresce e dá frutos.

> 2 Timóteo 2:19 – Todavia o fundamento de Deus fica firme, tendo este selo: O Senhor conhece os que são seus, e qualquer que profere o nome de Cristo aparte-se da iniqüidade.

Assim, meu amado irmão ou irmã, que estás fazendo a obra de Deus e estás preocupado com aqueles que mais atrapalham que ajudam; que estás preocupado com aqueles que tendo condições e oportunidade de fazer um trabalho sério para o Senhor, não o fazem; que estás vendo que determinado obreiro está se tornando um problema para a obra de Deus e você nada pode fazer contra ele… Não se esqueça: É Deus quem cuida de Sua obra e Ele garantiu, pela boca de Seu próprio Filho, Jesus que “toda planta que meu Pai Celestial não plantou, será arrancada“. É só uma questão de tempo.

Em Cristo, Sandoval Juliano – O Presbítero – 04.09.2012.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *