Por Que os Bois Tropeçaram

Compartilhe
                                                                                                                                                       
E, chegando à eira de Quidom, estendeu Uzá a sua mão, para segurar a arca,
porque os bois tropeçavam. – 1 Crônicas 13:9

Os BOIS são a providência humana em substituição ao projeto divino – Não existe nenhum projeto que tenha dado tão certo mesmo sendo tão simples, como os projetos divinos. Desde o início do relacionamento divino com o homem, Deus nunca se preocupou com sofisticação. Veja alguns exemplos:

          * Na confecção da primeira roupa para o homem, Deus fez uma túnica de peles, uma vestimenta simples, sem bordado, sem arranjos.

          * Quando orientou a Moisés sobre como deveria ser o altar que o povo poderia fazer em lugares diversos para ali apresentarem uma oferta ao Senhor, Deus disse que o altar deveria ser de barro e se o fizessem de pedras, que não fossem pedras lavradas – Ex 20:24 ; Ex 20:25 , e que não fosse cercado por degraus – Ex 20:26 .

          * No tabernáculo, o altar do holocausto e e o altar do incenso, deveriam seguir a um modelo muitíssimo simples. O altar deveria ser quadrado, com quatro pontas e sem figuras que o adornassem – Ex 27:1 .

          * Para carregar a Arca da Aliança, deveriam traspassar dois varais nas argolas que ficavam nos quatro cantos da Arca e quatro levitas deveriam carregar a Arca aos ombros – Ex 25:14 .

         * Para que Naamã alcançasse a cura de sua terrível enfermidade, o Senhor ordenou que ele mergulhasse sete vezes no rio Jordão, que à epoca devia estar barrento e, tradicionalmente não era considerado um rio importante – 2Re 5:10 ; 2Re 5:12 .

          * Na escolha daqueles que seriam “fundadores” do Cristianismo, Jesus não selecionou homens do alto escalão da sociedade,  nem os mais piedosos sacerdotes ou teólogos, nem membros da seleta classe de intelectuais gregos. Pelo contrário, Jesus escolheu pessoas simples, do povo comum, sem experiências religiososas, sem práticas de marketing – At 2:7 .

Por serem simples, os projetos divinos, muitas vezes duvidamos que dêm certo. O Evangelho tem uma mensagem tão simples que os intelectuais não conseguem admitir que apenas crer em Jesus, confessando-O como Senhor e Salvador seja suficiente para que uma pessoa seja salva.

Ninguém tem dúvida do zelo que Davi tinha com o Reino de Deus. Foi dele a idéia de trazer a Arca de volta – 1Cr 13:1 . Davi anelava por estar na presença de Deus – Sl 84:2 .O próprio Deus fez menção deste zelo – 1Cr 17:17 ; 1Cr 17:16 .

No entanto, houve um dia em que Davi não observou o projeto de Deus e quis incrementar detalhes ao projeto, visando com isso à sofisticação.

O Senhor havia dito que a Arca era para ser carregada aos ombros de quatro levitas – Ex 25:14 . Nm 7:9 . Em Números 7, Moisés distribui bois com seus carros para vários príncipes de Israel, mas para os que tinham o encargo de carregar a Arca ele não deu nenhum boi porque a Arca e algumas outras peças do Tabernáculo tinham que serem levadas aos ombros – Js 3:6 .

Por que não em um carro de boi? Por que não em um carro blindado? Por que não em um veículo sofisticado, com “ar condicionado”?

Quantos de nós não tem a mesma tendência, de querer melhorar as coisas de Deus? – Todas as vezes que iniciarmos um projeto para o Senhor e acharmos que ele só vai funcionar se o cercarmos de sofisticação, correremos o mesmo risco que Davi correu ao lançar mão de carros de bois novos e belos. 

Façamos a obra de Deus confiando exclusivamente na graça de Deus. O Trabalho de Deus, feito ao modo de Deus, nunca deixará de ter o suprimento de Deus!

Em Cristo, Sandoval Juliano, O Presbítero – 09.07.2011.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *