Até que ponto Deus nos prova?

Compartilhe

 

Está escrito assim em Rute 1:13 “Esperá-los-íeis até que viessem a ser grandes? Deter-vos-íeis por eles, sem tomardes marido? Não, filhas minhas, que mais amargo me é a mim do que a vós mesmas; porquanto a mão do SENHOR se descarregou contra mim”.

E, em Rute 1:20: “Porém ela lhes dizia: Não me chameis Noemi; chamai-me Mara; porque grande amargura me tem dado o Todo-Poderoso”.

E, por fim em Rute 1:21 “Cheia parti, porém vazia o SENHOR me fez tornar; por que pois me chamareis Noemi? O SENHOR testifica contra mim, e o Todo-Poderoso me tem feito mal”.

Baseado nestes textos e nesta história, trago o seguinte questionamento:

01. Deus faz isso conosco?

02. Até que ponto Deus nos prova?

03. Noemi estava expressando o que realmente ela sabia sobre Deus ou estava revoltada?

04. Noemi demonstrou, com aquelas palavras, que entendia o agir de Deus? Que sabia que mesmo nas circunstâncias mais difíceis Deus estava no controle?

Ou, pergunto eu, a aflição que Noemi sofreu, na verdade, foi uma ação do diabo. Ou seja, foi o inimigo quem provocou a série de desgraças nesta história? 1º a fome em Belém de Judá; 2º a morte de Elimeleque; 3º a morte dos dos filhos de Noemi.

Em resumo: O Senhor descarregou contra ela sua mão ou foi um ataque do inimigo, com a permissão de Deus?

Aguardo sua participação.

Em Cristo, Pb. Sandoval Juliano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *