Eu Sonhei…

Compartilhe

Eu sonhei…

Eu sonhei que eu era membro de uma igreja que foi fundada por um missionário e que recebeu apoio financeiro até que se tornou uma igreja estruturada. No meu sonho eu vi que o evento mais festejado e esperado pelos membros da igreja, depois da Santa Ceia, era o culto mensal de missões. Este culto era tão concorrido que na maioria das vezes não era possível atender à quantidade de pedidos de oportunidades que chegavam nas mãos do pastor.

O sonho foi tão claro que parecia ser realidade. Eu vi, no meu sonho que os conjuntos formados pelos departamentos da igreja ensaiavam hinos que falavam de missões. Algumas irmãs decoravam poemas e crianças declamavam lindas poesias sobre a obra missionária. Os ensaios eram iniciados e encerrados com alguns minutos de oração e neles se ouvia pessoas oferecendo-se ao senhor para que um dia pudessem ser usadas por Deus no campo missionário.

Como era lindo quando o pastor se dirigia à classe das crianças na Escola Dominical e elas pediam para que ele contasse como foi sua chamada para a obra de Deus. Elas se deliciavam em ouvi-lo e ao final diziam: “Queremos ser como o Senhor, pastor. Queremos ser missionários!”

Na continuação do sonho eu vi… Que o pastor lançou à igreja o desafio de enviar e sustentar um casal de missionários em uma cidade pouco evangelizada. A igreja ainda era pequena, só tinha três anos de existência e havia muito pouco tempo que passara a depender exclusivamente dos dízimos e ofertas de seus membros. Enviar um missionário era algo impensável para aquele primeiro momento… Mas, a igreja aceitou o desafio…

Campanhas de oração foram iniciadas e em pouco tempo o Senhor revelou o casal que Ele havia escolhido e que devia ser enviado para a obra… O casal confirmou que o Senhor já vinha falando com eles de diversas maneiras. Eles choraram de emoção e demonstraram interesse em serem enviados.

Como o pastor era um experiente missionário, não tardou em trabalhar na formação daquele jovem casal. Deu a eles cargos na igreja, começou a ministrar-lhes aulas e treinamento sobre missões, levantou uma oferta e os enviou para a Capital, onde conheceriam uma Junta Missionária e aprenderiam mais sobre o tema durante seis meses.

Eu vi em meu sonho a igreja fazendo galinhadas, sorvetadas, festival de pizzas, e outros meios para arrecadarem dinheiro para enviarem os primeiros missionários…

Você sabe como acontece nos sonhos… o tempo não é como na realidade. Um ano depois da escolha do Senhor, aquele casal se sentia preparado para ser enviado…

Até o nome da cidade foi escolhido na oração… Eles foram àquela cidade. Passaram dez dias conhecendo o povo, experimentando o clima e a culinária… Eles se apaixonaram pelo lugar, apesar de terem conhecido que não era um lugar fácil de viver.

Ao retornarem à igreja, a mesma havia preparado o culto de despedida… a igreja foi enfeitada como se fosse para um casamento… Várias doações foram feitas pelos irmãos: Cartões, lembranças, Bíblias e harpas, folhetos de evangelização… Uma bicicleta… Uma caixa de som… Lágrimas, não de tristeza, mas de um misto de alegria com saudades…

Foi lindo em meu sonho o momento em que o casal de missionários partiu… Parecia aqueles filmes históricos… A Igreja compareceu em massa na rodoviária para abençoar os destemidos servos do Senhor… Lenços foram abanados e eu vi quando alguns casais se abraçaram e disseram: “Nós seremos os próximos”.

Eu sonhei…

Em Cristo, Pb. Sandoval Juliano – 17.08.2009.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *